Qual o objetivo de nosso site?

Já fazem alguns anos que começamos a ver muitas pessoas emigrarem para o Brasil em busca de oportunidades. Entre esses grupos de pessoas podemos destacar os Haitianos e os Senegaleses. Embora no Haiti e no Senegal tenha-se o francês como língua oficial, sabemos que a língua do coração dos dois povos não é o próprio francês. No Haiti fala-se o Crioulo do Haiti (ou Crioulo Haitiano) e, na sua maioria, no Senegal fala-se o Wolof (ou Uolofe).

Como o próprio nome do diz, o foco deste site site é o idioma falado pela maior parte da população Senegalesa, o Wolof. Pensando nisso, um grupo de voluntários religiosos, os quais são os mantenedores deste site, decidiu criar material para auxiliar os Senegaleses a aprenderem o português e para os falantes da língua portuguesa aprenderem a se comunicar em Wolof.

Nosso grupo de voluntários encontra-se em Caxias do Sul, uma cidade na região Sul do Brasil. Segundo alguns dados, há milhares de Senegaleses morando na cidade. Já por alguns anos nosso grupo de voluntários vem ensinando e auxiliando os senegaleses na região, não só no que tange a religiosidade mas também a aprender a língua portuguesa.

Nosso grupo de voluntários tem se esforçado para aprender não somente o francês mas também os demais idiomas falados na terra desses co-cidadãos do mundo. Como já comentando, no Senegal fala-se o Francês. Este é o idioma oficial do país. Mas temos nos esforçado muito em, além do francês aprender o Wolof. Por quê? Porque o Wolof é a língua do coração dos Senegaleses. Língua do coração?

Língua do coração

Chamamos língua do coração o idioma materno da pessoa. Não importa em quantas línguas a pessoa seja fluente. Em geral somente uma será a do coração. Em geral é a língua que a criança cresceu escutando. Ela cresceu escutando seus pais, avós e amiguinhos falando. É essa língua que tocará o coração da pessoa, que mexerá com os sentimentos.

O que acontece muitas vezes é que a pessoa é criada com um idioma, como é o caso do Wolof, mas alfabetizada com outro, como é o caso do Francês, citando-se o caso maior dos Senegaleses. Isso aconteceu e ainda acontece no Brasil quando falamos dos descendentes dos Italianos e dos Alemães. Embora quase todos os atuais descendentes desses povos falem fluentemente o Português, sua língua do coração é em geral o Hunsrik e Pomerisch (no caso dos descendentes Germânicos) ou o Talian (no caso dos descendentes Italianos). É nessa língua que se comunicam com seus pais e amigos. No trabalho, principalmente no caso das comunidades alemãs, é essa a língua que falam entre si. Resumindo: os mais profundos sentimentos de uma pessoa só podem ser mostrados ou trazidos a tona por meio da Língua do Coração.

Nosso objetivo

Criamos esse blog para ajudar brasileiros a aprenderem Wolof com o objetivo de ajudar os Senegaleses e demais falantes da Língua. Também criamos o blog com o objetivo de ajudar Senegaleses a aprenderem o português e a poderem se virar melhor em qualquer país de Língua Portuguesa.

Se você desejar contribuir com nosso projeto, quer com conteúdo quer de outra maneira, poderá escrever-nos. Semanalmente publicaremos conteúdos adicionais para auxiliar Brasileiros e Senegaleses no aprendizado de ambas as línguas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *